quarta-feira, 16 de julho de 2014

sexta-feira, 6 de junho de 2014





E sempre penso que eu poderia sentir menos e não falar tanto sem qualquer filtro, sem qualquer medo. Mas também penso que se fosse diferente não seria eu. As pessoas pedem o tempo todo pessoas "verdadeiras", mas elas não as toleram. Porque a Verdade ofende, machuca, cutuca  ferida e isso ninguém gosta. Pessoas verdadeiras são livres, e honestas com seus quereres, sentem antes de falar, vivem de forma intensa.  Erram e muito.


[Fernanda Barcellos]

quinta-feira, 5 de junho de 2014




 


Tenho nojo dessa mulherada que arruma macho e, deixa de viver a própria vida! Aí, não quer mais saber das amigas, começa atender o celular no viva voz pro infeliz participar da conversa! Ou seja, vive pro boy, que nem sempre é magia!!  Não vou nem dizer que perde a personalidade e, o amor próprio, porque são duas coisas que, mulher assim, nunca teve! Bom, ou isso é carência encubada ou medo de ficar encalhada de novo!


[Fernanda Barcellos]

domingo, 1 de junho de 2014

 
 
 
 
Dentre tantas coisas que eu poderia perder, eu acabo sempre perdendo o juízo!
 
 
 
[Fernanda Barcellos]

sexta-feira, 30 de maio de 2014

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Sensatez não é meu forte.

 
 
 
 
 
 
 
 
Me desculpem os sensatos, os equilibrados. Mas  enlouquecer é necessário. Só as paixões me motivam. Me aquecem, me enlouquecem. Me dão a sensibilidade necessária para enfrentar os dias. Quero me apaixonar todos os dias. Porque loucura maior é viver sem paixão. E enlouquecer com paixão é para poucos. Sou uma apaixonada e vou morrer assim.
 
 
 
[Fernanda Barcellos]

quarta-feira, 28 de maio de 2014

 
 
 
Guardei minha razão na gaveta quando descobri que meu coração é mais inteligente. Minha razão me faz sofrer, me enche de dúvidas, de medos, já meu coração diz pra eu me jogar, deixar o orgulho de lado, não me deixa pensar muito. A única coisa que ele exige de mim é que eu seja feliz.
 
 
[Fernanda Barcellos]
 
 
 
 
 
Acostume-se, meu bem, o coração sempre tem razão.
 
 
[Fernanda Barcellos]

domingo, 25 de maio de 2014

quarta-feira, 5 de março de 2014

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014






Há coisas que não consigo falar, então escrevo, mas têm coisas que não consigo escrever, então, eu SINTO MUITO.


[Fernanda Barcellos]