sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Eu te pareço louca?Eu te pareço pura?Eu te pareço moça?



Em que lugar da sala
Guardarás o meu verso.
Distanciado
Dos teus livros políticos?
Na primeira gaveta
Mas próxima à janela?
Tu sorris quando lês
Ou te cansa de ver
Tamanha perdição
Amorável centelha
No meu rosto maduro?
E te pareço bela
Ou apenas te pareço
Mais poeta talvez
E menos séria?
O que pensa o homem
Do poeta? Que não há verdade
na minha embriaguez
E que me preferes
Amiga mais pacífica
E menos aventura?
Que é de todo impossível
Guardar na tua sala
Vestígio passional
Da minha linguagem?
Eu te pareço louca?
Eu te pareço pura?
Eu te pareço moça?

Ou é mesmo verdade
Que nunca me soubeste!

Hilda Hilst

7 comentários:

  1. Muito bom'

    'E te pareço bela
    Ou apenas te pareço
    Mais poeta talvez'

    *_*

    ResponderExcluir
  2. Mais provável que nunca me soubeste...
    Amei =)
    *bjs*

    ResponderExcluir
  3. I'd follow that cute little tushie anywhere!

    Nice shot, Fernanda.

    ResponderExcluir
  4. fernando, em tua boca estala o incêndio da aurora?

    ResponderExcluir
  5. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Amigas e pra sempre!
    Envia de novo o convite, deu erro no link amiga :S

    ResponderExcluir