terça-feira, 7 de junho de 2011







Para entender nós temos dois caminhos:
o da sensibilidade que é o entendimento
do corpo;
e o da inteligência que é o entendimento
do espírito.
Eu escrevo com o corpo.
Poesia não é para compreender,
mas para incorporar.
Entender é parede; procure ser árvore


 
Manoel de Barros

5 comentários:

  1. ei Fernanda,
    seu blog tá cada dia melhor.
    sou fã de carteirinha...

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, poesia é sentimento, olhar é da alma...

    beijo, super tarde querida

    ResponderExcluir
  3. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/selinho-comemorativo-400-seguidores.html

    ResponderExcluir
  4. Fernanda

    Passando pra te desejar uma semana abençoada.

    Beijokas

    ResponderExcluir