terça-feira, 18 de janeiro de 2011


 "Eu não sei esperar nada. E a natureza gritando no meu ouvido então, já que sou birrenta, vou ficar sem nada mesmo. Porque é preciso saber viver. Atiram a gente nesse mundo, nosso coração sente um monte de coisa desordenada, nosso cérebro pensa um monte de absurdo. E a gente ainda precisa ser superequilibrada para ganhar alguma coisa da vida. Como se só por estar aqui, aturando tanta maluquice, a gente já não devesse ganhar aí um desconto para também ser louco de vez em quando."



Tati Bernardi



2 comentários:

  1. Adoro essa fala descompromissada da Tati B.!

    bj de bom dia,
    Fê querida!

    =)

    ResponderExcluir