terça-feira, 2 de agosto de 2011

E se...



Pára, larga tudo!Vai achar o que neste furacão? É hora de olhar em volta, colocar TUDO  no seu devido lugar. 
Não dá pra tentar fazer alguma coisa quando nem a gente sabe o que deve ser feito. Não devemos tomar nenhuma decisão quando os sentimentos estão confusos. Quando nós estamos confusas. Porque nunca saberemos se a decisão escolhida foi apenas uma decisão escapista, apenas para tapar o buraco do  que não conseguimos fechar/resolver na hora do caos ou se foi o que o nosso coração queria.
Não tem coisa mais linda do que se permitir dizer: eu não sei! Diga: EU NÃO SEI!Não sei o que fazer agora, não sei que decisão tomar, não sei não sei não sei não sei, assim mesmo, sem vírgulas.
Decisões devem ser tomadas e não atropeladas.Eu sei que pessoas intensas não conseguem esperar a melhor hora,  a gente logo diz: "como assim melhor hora?!", chegamos logo derrubando tudo pela frente, jogamos tudo pro alto e, vemos no que dá, eu sei, e nem teria cara de pau de pedir pra ter calma, ser sensata, equilibrada, racional, tudo aquilo que não somos e, claro, não será na hora do caos que vamos adquirir tais "qualidades."

Mas primeiro pega um chocolate quente com chantili, capricha no chantili, e um bom livro,  acalma a mente e, o coração depois resolve o que tiver que resolver.
E se nem o chocolate, nem o chantili, nem o livro resolverem, vira a mesa, chega junto, e coloca tudo pra fora, tudo que te sufoca, tudo que te prende, mostra quem manda. Também não vai ficar sufocada, engasgada, quando começar a sufocar coloca pra fora, fala, escreve....canta, faz qualquer coisa, mas não guarda porque dá câncer.  E olha só, mas não vai ficar paranoica, tentando achar resposta pra tudo, tem coisas que não tem resposta, são coisas que não podem ser respondidas, só vividas.

5 comentários:

  1. Oi Fernanda,
    dar um soco na mesa às vezes balança mais as perguntas e embaralha mais as respostas, mas que dá um alívio, ah, isso dá.
    perfeito texto, adorei.

    Abraço com carinho.

    ResponderExcluir
  2. Vou tomar o chocolante quente com chantili, ler o livro, acalmar minha mente para que essa calma possa vir até o meu coração...como não guardo nem dinheiro,rs, dificilmente guardo as coisas que me sufocam, câncer certamente dessa forma não vou adquirir...rs.

    Obrigada pela amizade!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Causo intenso para pessoas intensas. Também sou assim, talvez seja o meu problema as vezes ou na maioria. Sinto de mais, escancaro de mais. Leio, como o chocolate, caio no sorvete, danço que nem louca, grito, quando não grito escrevo só não deixo tudo preso, nem quando o meu sistema nervoso diz que não estou a sentir nada me calo. Extravasar, transbordar... viva o blogueterapia XD

    Xero Fernanda

    ResponderExcluir
  4. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/08/600-seguidores.html

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, realmente sempre precisamos daquela pausa em algum momento da vida.

    ResponderExcluir